19/11/2017

Justiça de Brasília condena Renan Calheiros à perda do mandato e inelegibilidade

A14ª Vara Federal de Brasília condenou, na quinta-feira (15), o senador Renan Calheiros (PMDB) a perda de mandato e suspensão dos direitos políticos por oito anos por improbidade administrativa. A decisão é referente à denúncia da jornalista Mônica Veloso, com quem Renan tem uma filha, que acusa o parlamentar de usar recursos públicos para pagar pensão.Renan Calheiros foi condenado por “enriquecimento ilícito” e “vantagem patrimonial indevida”. O peemedebista afirmou que recorrerá da decisão e que a condenação, partindo de um juiz de primeira instância, “causa surpresa”.

Ceará news 7

19/11/2017

Eunício viabiliza R$ 2 bilhões em obras e comemora parceria com Governo e PMF

O presidente do Senado, Eunício Oliveira, volta os olhos para a puxada agenda que comandará a partir de segunda-feira em Brasília e, após participar da solenidade de lançamento do ”Projeto Juntos Por Fortaleza” ao lado do Governador Camilo Santana (PT) e do prefeito da Capital, Roberto Cláudio (PDT), comemora o avanço das parcerias entre o Governo do Estado e o Governo Federal que garantirão importantes obras de infraestrutura para Fortaleza. Coube a Eunício viabilizar os quase R$ 2 bilhões para essas obras.

“A parceria administrativa é para ajudar o Ceará a crescer ainda mais. Os interesses dos cearenses serão sempre a prioridade no meu mandato como senador e presidente do Congresso Nacional”, destacou Eunício Oliveira, que, na segunda ou terça-feira, continuará com a agenda voltada para o Ceará: Eunício receberá, em seu gabinete, o presidente da Associação dos Prefeitos e Municípios do Ceará (Aprece), Gadiel Gonçalves, e uma comitiva de prefeitos que estarão participando da Marcha Brasília. Os prefeitos lutam para o Governo Federal antecipar uma quota do FPM que os permitam pagar o 13º salário dos servidores municipais.

Sobre o Projeto “Juntos por Fortaleza” , Eunício Oliveira destacou a importância do diálogo e das parcerias para os moradores da Capital receberem mais obras e benefícios do poder público. O projeto, conforme enfatizou, prevê ações nas áreas de urbanismo, meio ambiente, mobilidade, turismo, esporte, cultura, lazer, transporte público e habitação. Somados, os investimentos chegam ao montante de R$ 1,851 bilhão.

O presidente do Senado foi peça chave para garantir a liberação dos recursos. Uma fatia dos recursos é de R$ 206 milhões para projetos de inclusão social, como os Cucas e as Policlínicas, e R$ 50 milhões junto à Caixa Econômica Federal para obras de habilitação. Segundo Eunício, não é fácil o embate em Brasília para garantir recursos em prol do Nordeste. Por isso, de acordo com ele, tem sido grande o seu esforço para atender às demandas apresentadas pelo Governo do Estado do Ceará e pela prefeitura de Fortaleza, tendo em vista as necessidades mais urgentes da população.

Além de celebrar os projetos constantes no programa “Juntos por Fortaleza”, Eunício enumerou outras conquistas obtidas para o Ceará, a exemplo dos recursos para o término da Transposição do São Francisco e Cinturão das Águas, as cinco novas faculdades de Medicina no interior cearense e os mais de R$ 400 milhões para os hospitais de Limoeiro do Norte e Região Metropolitana de Fortaleza.

“Independente de pensamento ideológico, quando se trata do interesse do povo do Ceará, não entra em questão a coloração partidária. Eu tenho no coração o sentimento de que fazer política é fazer o bem sem olhar a quem”, declarou o presidente do Senado. Questionado se essa aliança administrativa poderia evoluir para uma aliança política eleitoral, ele afirmou que é possível, desde que seja mantido o foco na melhoria da qualidade de vida da população, e não para beneficiar pretensões pessoais.

O governador do Ceará, Camilo Santana, fez questão de enaltecer o papel do senador Eunício Oliveira na liberação dos recursos que tornarão os projetos realidade. Segundo ele, só uma parceria dessa magnitude seria capaz de fazer com que as gestões enfrentassem com êxito os desafios históricos da quinta capital do país. “Criamos esse plano para acelerar e fortalecer, pelo planejamento, uma matriz de desenvolvimento para Fortaleza, proporcionando de forma conjunta o bem-estar social”, pontuou Camilo.

Para o prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio, o dia de hoje é resultado de uma aliança em torno de um pacote de investimentos que vão na contramão da realidade brasileira. “É fruto de um esforço fiscal de Fortaleza e do Estado, e de muito trabalho da bancada federal, especialmente do presidente do Senado, Eunício Oliveira. E o conjunto dessas circunstâncias vão garantir investimentos da ordem de 2 bilhões de reais”, informou.

O gestor da capital enalteceu ainda o impacto que os investimentos vão gerar na economia. “Além de todos os benefícios que serão concretizados a partir da entrega das obras, importante ressaltar que pelo menoso 1 bilhão de reais será empregado já em 2018, o que vai representar a criação de emprego e renda, com um forte estímulo à economia da Região Metropolitana de Fortaleza”, enalteceu Roberto Cláudio.

Os gestores apresentaram detalhes sobre as intervenções contantes no programa “Juntos por Fortaleza”, destacando-se a conclusão do Veículo Leve Sobre Trilhos (VLT), recuperação e urbanização de lagoas, reforma de praças, vilas olímpicas e polos de lazer, construção de Areninhas e Campinhos, reforma de bibliotecas, urbanização do rio Maranguapinho, recuperação de vias, passeios e instalação de BRT’s, revitalização de equipamentos de cultura, gastronomia e turismo, habitação, inclusive no Centro da capital, revitalização da avenida Beira Mar e ampliação da faixa de praia, am pliação e modernização dos terminais de integração. Segundo Camilo, todos os bairros de Fortaleza receberão benfeitorias.

Fonte: Ceará Agora, aqui nada fica pela metade.

19/11/2017

Menos de 10% do PIS para idosos foram sacados

Menos de 10% do dinheiro do PIS/Pasep liberado para idosos com mais de 70 anos foram sacados até a última terça-feira. Do total de R$ 9 bilhões, os beneficiários retiraram na Caixa Econômica Federal e no Banco do Brasil R$ 764 milhões. A quantia para esse grupo foi liberada no dia 19 de outubro.

Podem sacar das contas brasileiros que trabalharam e contribuíram para o programa até 4 de outubro de 1988 e que não tenham resgatado todo o saldo. O PIS é o fundo dos trabalhadores na iniciativa privada. O Pasep, dos servidores públicos.

Até o momento, já foram aos bancos cerca de 415 mil cotistas. O número está abaixo do esperado pelo Ministério do Planejamento, que por isso informou estar reforçando a divulgação do programa.

A retirada dos recursos será dividida em três etapas, sem data para terminar. A primeira foi para os maiores de 70 anos. A segunda, para aposentados, começou ontem, voltada para cerca de 1,2 milhão de cotistas com direito nesta etapa a mais de R$ 1,7 bilhão. No dia 14 de dezembro, os saques serão liberados a 2 milhões de homens com idade entre 65 e 69 anos e 2 milhões de mulheres com idade entre 62 e 69 anos.

Este é o primeiro ano em que pessoas abaixo de 70 anos têm direito ao benefício, como medida do governo para injetar dinheiro na economia. Os dois grupos juntos devem receber cerca de R$ 5 bilhões.

Nos casos em que o beneficiário não puder comparecer à agência, por motivo de saúde, por exemplo, o saque poderá ser realizado por procurador, desde que apresente a devida documentação. Para cotistas do que possuem conta na Caixa e no Banco do Brasil, mas que não receberam o crédito automático, a recomendação é que procurem as agências para atualizar seus cadastros.

Fonte: Ceará Agora.

Aplicativos


 Locutor Ao vivo


Rosana Rodrigues

Estilo 105

Peça Sua Música

Name:
E-mail:
Seu Pedido:


Top 5

01.

Ana Vilela

Promete

02.

Jonas Esticado

Moça do Espelho

03.

Carlinhos Caiçara

Oi

04.

Luan Santana

Acertou a mão

05.

Ivete Sangalo e Wesley

A Vontade

Anunciantes